Gilberto - Giba
Não há ninguém, mesmo sem cultura, que não se torne poeta quando o Amor toma conta dele.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


3 décadas podemos dizer que é um bom tempo, tempo de conhecer até um suspiro, tempo para dias de amor, dias lindos, dias prazerosos, dias não tão bons assim e principalmente tempo para aprender como viver a dois.
0 começamos uma história ainda muito novos, com nossa essência ainda em formação, dois adolescentes que acreditavam que a vida estava começando e escolhemos começar uma história juntos.
 
 
A nossa história começou um pouco atrapalhada, mas com muita emoção, emoção de esperar por uma ligação e essa não acontecer, emoção de no próximo fim de semana descobrir que o interesse e encanto era reciproco.
Nos dias, meses, anos que seguiram fomos descobrindo que  estávamos destinados um ao outro, imprevistos, desencontros aconteceram mas o que tínhamos e temos até hoje prevaleceu,  NOSSO AMOR, sempre acreditei nele, sempre confiei nele.
O nosso amor foi capaz de nascer, crescer, florescer e com a maturidade desses 30 anos, foi capaz de nos surpreender com o mais belo de todos os encantos, nos apaixonamos de novo, porem essa nova paixão veio acompanhada de muita força, esperança e a certeza que escolhemos um ao outro novamente.
Só tenho coisas a agradecer por esses 30 anos, agradecer pelo nosso amor, pela família que formamos, pelas histórias que vivemos, construímos e aprendemos juntos a resolver, nosso amor foi capaz de se fortalecer e hoje mais do que há 30 anos atrás, lhe digo Gilberto eu amo você.
MARLENE BONDEZAN HOLOVATINO
Enviado por Gilberto Holovatino em 16/03/2018

Música: Como se fosse a primeira vez - 50 First Dates_ 2004 (tema oficial) - Desconhecido

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (MARLENE BONDEZAN HOLOVATINO). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários