Gilberto - Giba
Não há ninguém, mesmo sem cultura, que não se torne poeta quando o Amor toma conta dele.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos


A lguém  um dia me falou sobre sentimentos que existiam entre as pessoas, falou bem baixinho e pediu-me para guardar em segredo, pois a partir daquele momento eu passei a conhecer o caminho que nos
L Eva a sentir ou conhecer alguns desses sentimentos, no inicio eu me recusei a acreditar que poderia realmente existir algo tão belo e grandioso, com tantos sentimentos misturados, mas
E u, eu jamais admitiria que pudesse ser contagiado ou tocado ou ao menos conhecer alguns desses sentimentos, lutei, relutei, insisti em não acreditar em tamanha bobagem, pois era desta forma que eu enxergava estes sentimentos, bobagens, puras bobagens...
M as um dia eu conheci você, e como se algo novo invadisse o meu ser, pude sentir um calafrio que percorreu todo meu corpo fazendo o coração acelerar, os lábios tremerem, as pernas bambearem...
 
D e repente me vi tomado por um calor, ruborizado, e percebi que aquilo que sentia fazia parte dos sentimentos que outrora alguem me disse em segredo, percebi que aquilo era real, você resplandeceu a meus olhos como o
O uro puro moldado num rosto de anjo, num sorriso de marfim que me estontearam, minha respiração ofegante me faziam ter a certeza de que naquele momento havia aflorado em mim algum sentimento que ainda era novo para mim...
 
A mor? Era cedo ainda para saber, afinal não o conhecia, o tempo passou, as flores se multiplicaram, o sentimento ainda me causa calafrios de emoção a cada vez que me lembro do dia mais feliz de minha vida, o dia em que te conheci...
R umos diversos, caminhos distintos, vidas vividas de forma diferente, nada disso foi capaz de apagar ou diminuir o Amor, o mais puro amor que alguém já sentiu, como sei que é amor? Hoje depois de tanto tempo olho para trás e ainda vejo aquela
C riatura perfeita sorrindo para mim, sinto como se fosse agora aquele instante, já ouvi alguém dizer, que alguns minutos podem durar para sempre, e com este, eu concordo, concordo por que te amo desde sempre
O ntem, hoje, amanhã, em vidas passadas, em vidas que ainda virão, sou feliz por ter encontrado o amor, por este amor surgir em minha vida materializado em você, sou grato por poder sentir tamanho amor
 
I nstantes, ah os instantes, os pequenos instantes que passei ao seu lado, cada abraço, cada beijo, cada palavra, cada sussurro, cada vez que tive o privilégio de dizer em bom tom o quanto é grande meu amor por você
R ompi neste momento o segredo que guardava a tanto tempo, sob a promessa de somente fazê-lo quando meu coração realmente tivesse a certeza de que todos os sentimentos eram reais, feche seus olhos e
I magine-se numa viagem transcendental, iniciando num amanhecer chuvoso, que graciosamente vai se misturando com o sol que rompe as negras nuvens de chuva, as cores vão de arqueando e surge um lindo arco-íris, imagine-se vagando por cada uma das cores...
S ubindo até o cume, ao chegar lá respire fundo, olhe para trás e veja quanta beleza, continue em frente, agora a descida te reserva uma encantadora emoção e ao findá-la, chegará além do arco-íris, e lá encontrará os mais doces e belos sentimentos e certamente eu lá estarei a te esperar...
Gilberto Holovatino
Enviado por Gilberto Holovatino em 18/02/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Gilberto Holovatino). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários